Telefone: 21-3472-1981 / 97901-7355

Apresentações Artísticas com PCD para Empresas

Você lembra de algo diferente e cativante que sua equipe tenha visto nos últimos anos! Agora surpreenda a todos contratando os espetáculos que selecionamos para vocês, apostamos em ferramentas com recursos lúdicos mais essenciais para capacitar, treinar, sensibilizar, entreter e motivar a todos

Jefferson Farias é  ator e humorista com deficiência visual. trabalha na “A Praça é Nossa” do SBT.

Jefinho Faria

Jefinho Faria

jefferson-farias11 É ator e humorista com deficiência visual. Gosta de interpretar e transformar as situações adversas da vida real de forma bem-humorada e divertida. Atualmente, trabalha na “A Praça é Nossa”, do SBT, com personagem fixo no quadro “Os Malandros” além de viajar por todos Brasil com sua peça stand up “Ponto de Vista”

E aqui na Emprolrh ele desenvolve um trabalho voltado para stand up corporativo com temas como liderança, desafios, inclusão, reconhecimento profissional, trabalho em equipe, entre outros. Tudo com muito humor e muita superação.





Jefinho no Bradesco Seguros



Sara Bentes , cantora, compositora e atriz ela é premiada internacionalmente com participações em festivais de arte nos Estados Unidos, Inglaterra, Itália, Tailândia e Argentina.

Sara Bentes

Sara Bentes

espetaculo-corporatico-sara-bentes-1

No show da Cantora Sara Bentes você pode esperar pura emoção, com repertórios entre músicas popular brasileira e de sua autoria acompanhada por um musico e caso queira um interprete de libras.


Música

Hino Nacional Bilingue (interessante para abertura de eventos) Descrição: a cantora e compositora Sara Bentes, cega, canta o hino nacional brasileiro completo, à capela (só voz, sem acompanhamento instrumental), e interpreta simultaneamente em libras – língua brasileira de sinais, numa dupla interpretação emocionante e cheia de energia, mostrando que qualquer pessoa pode aprender a nossa língua brasileira de sinais e levando a música e sua mensagem a todos, inclusive a quem não pode ouvir.


Pocket show:  “Uma Maneira Diferente De Ver O Mundo”

Descrição: a cantora e compositora Sara Bentes, cega, apresenta ao vivo 5 músicas que trazem mensagens positivas de acessibilidade, inclusão, diversidade, dicas de convivência, novas formas de pensamento e conceitos. As músicas são acompanhadas de projeção de vídeos artísticos, que reforçam as mensagens das músicas.


“Pocket Show”

Com Libras (interessante quando há na empresa um ou mais colaboradores surdos, bem como para incentivar os ouvintes a aprenderem nossa segunda língua oficial brasileira, a libras. Descrição: o mesmo show acima com o acréscimo de um intérprete de libras especializado em interpretação artística, que dança e interage com a cantora, colocando a comunicação sinalizada no mesmo plano de destaque da oral, permitindo que a música e sua mensagem cheguem também a quem não pode ouvir e incentivando os outros colaboradores a estudarem a libras, num show acessível, dinâmico e emocionante.
Ouça a playlist da Sara Bentes no SoundCloud. Clique aqui para escutar.
Glauco Cerejo, É músico (saxofonista e flautista), professor de música, e produtor musical.

Glauco Cerejo

Glauco Cerejo

glaucocerejo

É o único músico (saxofonista e flautista) cego do Brasil, professor de música, e produtor musical. O carioca Glauco Cerejo iniciou seus estudos musicais no Instituto Benjamim Constant, em 1984, cursando posteriormente o Conservatório Brasileiro de Música.

Sofisticado e personalizado programa musical, que vai do Jazz à Bossa Nova, do Blues à MPB, do Chorinho aos clássicos do Cinema, além do melhor do Pop romântico nacional e internacional tocou grande nomes da musica popular Brasileiro. .

No repertório sempre renovado: Tom Jobim, Vinícius de Moraes, João Gilberto, Carlos Lyra, Marcos e Paulo Sérgio Vale, Toquinho, Sergio Mendes, João Donato, Roberto Menescal, Nara Leão, Ronaldo Bôscoli, Johnny Alf, Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Cartola, entre outros e aceita sugestões. Então, se você precisar de boa música ao vivo, com classe, orçamentos acessíveis, para a sua festa de casamento, aniversários, abertura de eventos ou faça como as empresas que tiveram a música de Glauco Cerejo Instrumental abrilhantando suas recepções corporativas.

DJ Anderson Farias, há 12 anos trabalha com “tecnologia assistiva” e consultoria

Dj Anderson Farias

DJ Anderson Farias



Anderson nasceu com Glaucoma e aos 9 anos perdeu completamente a visão. Após algumas cirurgias sem resultados satisfatórios, foi lidando com os desafios que a vida lhe impunha com determinação.

Especialista em tecnologia assistiva fez faculdade de Eventos mais a música sempre foi a sua grande paixão e foi ela que o moveu a quebrar barreiras e se tornar não apenas um DJ, mais também um empreendedor de sucesso com a CAF Eventos sua empesa de eventos e como instrutor DJ para alunos com deficiência de visual na sua escola DJ Ban.

Foi o DJ oficial do Bradesco na Paralimpiada tocando em varias capitais onde a tocha passou tendo o privilegio de conduzi-la.

Vamos motivar sua equipe de forma inovadora, contrate a BALADA AS ESCURAS (No Vision Experience) do DJ Anderson Farias, não só para animar seus eventos coorporativos, mas para tornar sua equipe forte sem receio do novo, após o enfrentamento dos medos em uma balada totalmente no escuro. Uma oficinas única que nos trona mais forte para enfrentar o desconhecido.



Billy Saga, Rapper, Publicitário, Artista plástico, Presidente da Ong Movimento SuperAção.

Billy Saga

Billy Saga

hi0h0728

O rapper cadeirante, publicitário, artista plástico, Presidente da Ong Movimento SuperAção e consultor da ONG Mais Diferenças.

Com uma trajetória de duas décadas de dedicação ao rap, o segundo disco solo do MC paulistano Billy Saga, segundo ele próprio, alcançou a maturidade musical e técnica almejada. Billy atualmente pode ser considerado um dos mais autênticos e combativos rappers a abordar, nas entrelinhas de músicas com temas variados, o direito das pessoas com deficiência.

Billy Saga leva aos eventos corporativos que participa, muita música e consciência quando o tema é superação das dificuldades do dia a dia.



 Mais conhecido como Dudé Vocalista. Nascido sem as duas mãos e sem o pé esquerdo (possivelmente em decorrência de uma talidomida), ele é músico há mais de 20 anos.

Dudé e A Máfia

Dudê e Rock e Blues

glaucocerejo

Mais conhecido como Dudé Vocalista. Nascido sem as duas mãos e sem o pé esquerdo (possivelmente em decorrência de uma talidomida), ele é músico há mais de 20 anos.

Dudé e A Máfia é uma banda que está a abalar as estruturas da velha e boa estrada do Rock paulistano desde 2013.

Com sua música influenciada pelo Blues e Hard Rock dos anos 70 e 80, esses cinco amigos de infância mostram toda a sua irreverência com letras que não ficam apenas na critica social, mas buscam também promover um novo olhar para as questões da pessoa com deficiência no Brasil.

Assim foi com o clipe da música Batom Blues que em parceria com o Instituto Entre Rodas e Batom e o moto clube Pepe Legal, a banda buscou passar uma imagem revigorada e sem estereótipos da mulher com deficiência.

Então, o que você está esperando pra chamar a banda Dudé e A Máfia para tocar na sua empresa?

Ouça as músicas Dudé e A Máfia no Sound Cloud. Clique aqui para ouvir. 











Projeto de entretenimento pedagógico PCD com noções de trânsito, cidadania e meio ambiente.

Clubinho Salva Vidas

Clubinho Salva Vidas / “Apresentação teatral”

foto-painel-clubinho-2

Projeto de entretenimento pedagógico tem como objetivo dar subsídios sobre noções de trânsito, cidadania e meio ambiente ao trabalho do professor nas escolas, no sentido de contribuir, sobretudo para diminuir as causas e os efeitos dos incidentes, especialmente no que se refere a casos com crianças.. Este projeto constitui-se num valioso instrumento na luta pela conscientização e esclarecimento com relação aos direitos e deveres dos cidadãos e a preservação da vida. Cabendo portanto, a escola informar através da transversalidade e interdisciplinaridade o tema em foco de maneira que sejam apresentados ferramentas em uma linguagem mais compreensível e próxima a realidade das crianças. Estas informações servirão de base para que os envolvidos possam refletir sobre os seus atos e consequências, e bem mais que isto, conhecer condutas éticas e morais que são capazes de promover um ambiente democrático e sustentável com responsabilidade social, preservando a vida e o meio ambiente.>
Esportes Adaptados para deficientes surgiram no começo do século XX, com atividades esportivas para jovens com deficiências auditivas.

Esportes Adaptados

Esportes Adaptados

HISTORIA DO ESPORTE ADAPTADO

O esporte adaptado para deficientes surgiu no começo do século XX, com atividades esportivas para jovens com deficiências auditivas. Mais tarde, em 1920, iniciaram-se atividades como natação e atletismo para deficientes visuais. Para portadores de deficiências físicas, o esporte adaptado só começou a ser utilizado após a Segunda Guerra Mundial, para reabilitação e inserção social dos soldados que voltavam para casa mutilados. Inicialmente, a intenção era oferecer uma alternativa de tratamento aos indivíduos que sofreram traumas medulares durante o conflito. Entretanto, em 1944, por meio de um convite do Governo Britânico, o neurologista e neurocirurgião alemão Ludwig Guttmann, que escapara da perseguição aos judeus na Alemanha nazista, inaugurou um centro de traumas medulares dentro do Hospital de Stoke Mandeville. É neste ponto da história que o desenvolvimento e fomento do esporte paraolímpico ganharia força.

Em 1948, Guttmann decidiu organizar competições esportivas envolvendo veteranos da Segunda Guerra Mundial com ferimentos na medula espinhal em Stoke Mandeville, England. Eram os primeiros jogos para atletas com deficiência fisíca. No mesmo ano, no dia da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres, os jogos de Mandeville Stoke foram lançados e a primeira competição para atletas em cadeira de rodas foi organizada. Participaram 16 atletas veteranos de guerra, 14 homens e duas mulheres. Quatro anos depois, atletas dos Países Baixos juntaram-se aos jogos; e assim o evento internacional, hoje conhecido como Paralimpíada, nasceu.

Faça parte desse movimento de superação e realize em sua Cidade, Empresa, Escola, Associação e Shopping um evento com MINI CIRCUITOS ESPORTIVOS em espaço fechados ou abertos.

  • Mini Arena ,de acordo com o espaço disponível.
  • Equipamentos esportivos próprios
  • Equipe especializada como professora de Educação Física especializada em atividades paralimpica de varias modalidades como Basquete em cadeira de rodas, Volei Sentado, Tênis de Mesa, Bocha, Futebol etc..
  • Preparação do local para atividades

VANTAGENS E BENEFÍCIOS

Seu investimento retorna para sociedade

O seu investimento é aplicado nos projetos esportivos para pessoas com deficiência

Para os participantes:

  • Diversão,diversidade, emoção, trabalho em equipe, motivação.
  • Estimula a participação em ações de voluntariado
  • Equipe técnica especializada no atendimento esportivo, educacional e empresarial.

*Para jogo de exibição, circuitos esportivos e palestra não estão inclusos despesas com transporte, alimentação e estadia para palestrante e equipe (dependendo do local e horas de atividades).

Teatro Cego cria o espetáculo Clarear, que propõe integrar a pessoa com deficiência ao seu grupo de colaboradores.

O Teatro Cego

O Teatro Cego

Teatro Cego cria o espetáculo Clarear, que propõe integrar a pessoa com deficiência ao seu grupo de colaboradores.

Não basta cumprir cotas...

A acessibilidade é um tema que chegou para ficar. Nunca se falou tanto sobre a inclusão de pessoas com deficiência em empresas, escolas e outros setores da sociedade. Algumas leis foram criadas para garantir que, cada vez mais, essa inclusão se tornasse realidade. A visão de empresários, educadores e influenciadores se transformou e hoje esse sonho começa a se solidificar. Contratar uma pessoa com deficiência é também um ato de construção de cidadania. Mas essa construção não para por aí. A inclusão vai muito além de simplesmente cumprir uma cota. Após esse importante passo, outro deve ser dado para continuar a caminhada: a Integração. A busca por igualdade de direitos e de deveres passa pelo entendimento de nossas diferenças. A verdadeira inclusão só acontece quando cada indivíduo do grupo se percebe único e, por isso mesmo, especial. Nossa diferença é o que nos faz buscar o outro.

O Teatro Cego

Enxergue o mundo com outros olhos

Desde 2012 a Caleidoscópio vem desenvolvendo o Teatro Cego, um formato teatral que proporciona, através da arte e do entretenimento, uma experiência única aos espectadores, convidando-os a abdicar da visão e a compreender a peça através de seus outros sentidos: olfato, paladar, tato e audição. Os espetáculos “O Grande Viúvo” e “Acorda, Amor!” emocionaram espectadores em vários teatros do Brasil e tornaram-se um grande instrumento de transformação na sociedade.

Visite o nosso site e conheça melhor o Teatro Cego. Matérias, entrevistas, fotos e muito mais!

Clique e confira: www.teatrocego.com.br

Clarear

Um espetáculo leve e bem-humorado que vai mexer com a sensibilidade de seus colaboradores.

A transformação proporcionada pelo Teatro Cego vem ao encontro do anseio de unir as diferenças e valorizar a individualidade para criar integração de colaboradores dentro de empresas, escolas e outras instituições que já tenham dado o primeiro passo em direção à inclusão.

E foi pensando ainda mais especificamente nesse público que a Caleidoscópio criou o espetáculo “Clarear – Somos todos diferentes”, também no formato Teatro Cego. Nesta montagem, além das experiências sensoriais, o tema também é totalmente voltado para a questão da integração. Cinco jovens dividem a mesma república. Uma deficiente visual, um deficiente auditivo, uma cadeirante, um argentino e uma torcedora fanática do Juventus da Moóca.

Com muito bom humor, a trama mostra a superação de dificuldades de comunicação e convivência, através da sinergia da amizade, em um espetáculo de 40 minutos que conquista a plateia com um paradoxo entre a complexidade e a simplicidade do tema.

A Cia. Teatral EnsinoemCena foi criada no ano de 2003 e tem 12 anos de atividades culturais ininterruptas. Já produziu diversos espetáculos teatrais e, de maneira natural, foi ao encontro da linguagem audiovisual.

EnsinoemCena

EnsinoemCena

A Cia. Teatral EnsinoemCena foi criada no ano de 2003 e tem 12 anos de atividades culturais ininterruptas. Já produziu diversos espetáculos teatrais e, de maneira natural, foi ao encontro da linguagem audiovisual.

A produtora EnsinoemCena e EnsinoemCine oferece aos clientes e ao mercado a melhor experiência em comunicação por meio do teatro e do audiovisual, proporcionando fácil assimilação de experiências e informações e, sobretudo incorporando novos hábitos e valores. O teatro e o audiovisual servem de ponte para a criatividade, o aprendizado, fixando valores, conceitos e atitudes. Acreditamos que a Arte e a Cultura são formas de influenciar positivamente o comportamento das pessoas com uma abordagem dinâmica e descontraída.

BULLYING, TÔ FORA!



Aborda de forma interativa e dinâmica o tema com conteúdo aprovado por diversas escolas no Brasil sudeste. Indicada para todas as idades.